25 de fev de 2010

Gosto de Cigarras


Enquanto isso, na praça das cigarras...

-Posso sentar ao seu lado? Chega um homem meio acanhado.
-Claro.
-Você gosta das cigarras daqui?
-Que tipo de pergunta é essa? Diz ela rindo.
-Não sei ao certo, só estou puxando assunto.
-Você sempre puxa assunto com desconhecidas é?
- Só com as que permitem que eu sente ao lado delas.

Ela sorri novamente...
- Tenho que admitir que você me pegou nessa.

-Você gosta das cigarras daqui?

Fazendo-a rir ainda mais.

-Mas que fixação nessas cigarras. Que te importa?
-Custa responder a pergunta?
-Você é estranho!
-Você é medrosa!
- Eu acho elas um saco! Gritam aqui o dia todo, não deixam ninguém em paz. Responde perdendo a paciência.
- Eu acho lindo.
- O que tem de lindo nessas cigarras Caetano Veloso? Ironiza.
-Sabe, elas passam 31 anos debaixo da terra, na umidade, no escuro, se alimentando dos restos, e quando finalmente estão maduras, vêem a luz, escolhem um par, e acasalam por dois dias, até morrer. O casamento perfeito.
- Discordo de você, um casamento deve durar por toda a vida, deve haver respeito, companheirismo, não só acasalamento.
- Casamento, acasalamento... Acho que não é só coincidência. E posso te provar que estou certo.
-Você realmente me assusta!
-Quero dois dias.
- Ei, que liberdade é essa? “me dá dois dias”. Você não ta na padaria comprando pão não.
- Talvez o sonho. Diz ele logo em seguida, no estilo Wando de atacar.
- Cantada de pedreiro?
- De padeiro.

Ela definitivamente estava atraída por aquele estranho, com uma proposta indecente, que ela aceitou, durante aqueles dois dias ela sumiu, e no final do segundo dia foi a vez dele. Sumiu como se nunca tivesse existido, ela voltou a sua vida normal mas a lembrança do rapaz da praça não lhe saiu da memória... Voltando para casa do trabalho, mais de um ano depois, enquanto passava pela praça, viu uma silhueta familiar, aproximando-se não resistiu a tentação e fez a pergunta que havia ensaiado em seus sonhos:
-Gosta das cigarras daqui?

-Sabe que depois que elas morrem de tanto acasalar, algumas ressuscitam depois de um ano e procuram a companheira, pra você sabe... Acasalar por uma vida toda.
-Isso eu duvido muito.
-Já vi que eu tenho que te provar tudo.
PauloFilipe"

16 de fev de 2010

Ingratidão

Traição por palavras,

Traição por gestos,

Traição por atos.


Açoita-me com teus desmandos como se eu fosse um desvalido

Transforma minha esperança em chagas sem cura

Transforma minhas palavras em lamentos

Converte-a em murmúrios de dor


Dor desumana, que não degrada meu corpo,

Mas sim, minha alma e com ela minha esperança de imortalidade

Vai, tu podes, torna impossível minha felicidade

Dilacera meus anseios com a insensatez das tuas atitudes incautas

Rasga o sentimento que te dei e joga-o a sorte do sinédrio


Vai, tu podes, me mostra que amar é impossível

E que meus sonhos são apenas manchas da minha imaginação

Vai, tu podes, apresenta-me à solidão para que eu possa me tornar vezeiro a ela

E na vastidão dessa possa ab-rogar o meu amor por ti

Vai, tu podes, sê ingrata!
O Preceptor

8 de fev de 2010

Mentira é quase Amor!


- Você está há 2 horas atrasado pro jantar!
(ela não vai querer saber que eu jantei com a secretária) - Eu tive um contratempo na empresa, você sabe, tive que fazer hora extra. - Eu liguei pra empresa e a faxineira disse que você saiu mais cedo. Não tem vergonha de mentir? - Não, não tenho! - Agora você vai ser tão cara de pau assim? - Eu só minto por que te amo! - Ahahahahahahahhahahaha - Pareço estar brincando? - Estranhamente... Não! - Você não ia querer, na verdade, nenhuma mulher iria querer um homem sincero. - Acho que essa é a UTOPIA de toda mulher, vocês não passam de animais mentirosos! - Vamos fazer um acordo? - Qual, seu imbecil? Ahrrg como eu to com ódio de você, e ainda nem me disse onde estava. - A partir de hoje serei um homem sincero, mas você tem que me prometer que não haverá divórcio. - Que coisa mais infantil, além de mentirosos, são infantis. Mas tudo bem, negócio feito. E toda aquela sinceridade começa... No shopping: - Pra onde você estava olhando? Diz franzindo a testa. - Pra bunda daquela loira, meu deus, o que é aquilo? Na padaria: - Você ta tão calado hoje, o que aconteceu...? - Eu vi a Ritinha, sabe aquela minha ex? Eu fiquei nostálgico lembrando as nossas transas... Antes do almoço de domingo na casa dos Pais: - Como estou? - Você está ótima, mas não achei que sua bunda cairia tanto quando nos casamos, de qualquer modo, coloque uma roupa mais composta, vamos visitar meus pais. Depois do sexo: - Você estava delicioso hoje. - Você também meu amor, mas a Ritinha... Ou saudade daquelas coxas. - Não aguento mais viver assim! - Nem eu. - Mas você que propôs essa idiotice, eu tenho vontade de te matar a cada resposta! - Você deveria agradecer ao marido que tem todos os dias, isso sim. - Agradecer? Você ainda pensa na lambisgoia da Ritinha. - Mas é você que eu amo, oras. É pra você que eu minto! - E isso é prova de amor agora, é? Seu cachorro! - Claro que sim! - Claro que não! - Tudo o que eu digo, é pensado minuciosamente pra te fazer feliz, todas as desculpas, invenções e omissões, eu só quero te ver bem. - História pra boi dormir. - E ele ta dormindo não tá? Você sempre foi feliz, não entendo a reclamação. - Éééé que... - Você me ama. - Não deveria! - Tá bom né, não somos mais adolescentes, deixa de frescura que já já o jogo começa. - Ei, pode parar com a sinceridade. - Desculpe, é o costume. - Prefiro o meu grande contador de lorotas... - Eu sempre soube! - E por que me fez toda essa tortura? Agora diz sorrindo, como não fazia há muito tempo. - Você que não sabia. Agora ela não se importa tanto com as mentiras dele, afinal, ela sabe, as pequenas mentiras são declarações de amor.

PauloFilipe"

1 de fev de 2010

Grammy Awards 2010

A maior premiação da indústria fonográfica, o “Oscar da Música”, realizada no último domingo, concretizou o favoritismo da cantora Beyoncé (conquistando seis gramofones, dos dez que concorria), mas, também, nos trouxe algumas surpresas (ou não). A cantora country-pop Taylor Swift desbancou a esposa de Jay-Z, mais uma vez. Quando se esperava que o prêmio principal fosse pra a “diva performática e sedutora”, eis que surge a menina meiga de traços delicados e de apenas 20 anos. Para alguns, uma surpresa, para outros, nem tanto! Apesar da repetição do VMA, o Grammy deste domingo não reincidiu a ignorância e hipocrisia de Kanye West de arrancar o troféu das mãos da garota. Onde será que ele estava naquela hora?

Confesso que pouco me deixou feliz as indicações ao Grammy. Grandes nomes ficaram de fora das principais categorias. U2 e Green Day com álbuns muito superiores concorreram apenas aos prêmios da categoria rock! Quanta injustiça... Mas, eis que diante de todo estranhamento, surge um nome que foi o MELHOR vencedor da noite – Kings of Leon. O hit "Use Somebody" levou três gramofones, incluindo o de gravação do ano (fiquei feliz ao vê-lo desbancar as “divas”). Assim, no que tange as premiações mais importantes da categoria rock, Green Day levou o Grammy de Melhor Álbum e Kings of Leon o de Melhor Canção.

Lady Gaga apesar de ter recebido seus merecidos gramofones, incluindo o de melhor álbum dance, não teve o mesmo sucesso em premiações que as concorrentes Taylor e Beyoncé. Mas, é claro que ela também foi destaque na noite. Mais uma vez usando e abusando de looks bizarros, a cantora de voz marcante deu um show de performance, dessa vez, ao lado de “Sir. Elton John”.

E falando em performance... Belíssimos shows abrilhantaram a noite de premiação. Os destaques: Os já citados Elton John e Lady Gaga (She’s a monster!), Beyoncé, Pink e Green Day. Particularmente, tenho que eleger as performances de Elton John ao lado de Lady Gaga e Pink como as melhores da noite (confesso: achei que Pink fosse cair em algum momento).

O que não poderia faltar... Tributo a Michael Jackson com direito a “Earth Song” e vídeo inédito em 3D. Também... Aparição dos filhos que haviam recebido um prêmio póstumo. E, claro, Hope for HAITI.

Enfim, comparando alguns dos vencedores do Grammy Awards 2010 e 2009, no que tange os principais prêmios e a categoria rock, com certeza, opto pelos do ano passado, com exceção do melhor álbum de rock, que, como já postei, o “21st Century Breakdown” (Green Day) é melhor que o “Viva La Vida or Death and all his Friends” (Coldplay), mas vamos concordar que “Single Ladies” está longe de ser uma grande “Viva La Vida”!

Até o próximo Grammy Awards, digo, até a próxima postagem!

SinaldoLuna"